Formatura - Prom

Da Wikipédia, A Enciclopédia Livre

Pin
Send
Share
Send

Uma reunião típica, com meninos em smokings, e meninas em vestidos com corsages em seus pulsos
Decorando para o baile, alunos e orientadores de alunos dão os retoques finais em um salão de baile em um salão de banquetes.

UMA dança de passeio, comumente chamado de formatura, é um festa dançante para colegial alunos. Pode ser oferecido em semi formal gravata preta ou informal terno para meninos, e vestidos para meninas. Este evento é normalmente realizado perto do final do ano letivo. Pode haver formatura individual júnior (11ª série) e sênior (12ª série) ou eles podem ser combinados.

Em um baile, um "rei do baile" e uma "rainha do baile" podem ser revelados. Esses são títulos honorários concedido aos alunos eleitos em uma votação em toda a escola antes do baile.[1] Outros alunos podem ser homenageados com a inclusão em um corte de baile. O método de seleção para um tribunal de formatura é semelhante ao de regresso a casa rainha / princesa, rei e corte. A inclusão em um tribunal de formatura pode ser um reflexo da popularidade dos alunos eleitos e seu nível de participação nas atividades escolares, como clubes ou esportes.[2][3]A "rainha do baile" e o "rei do baile" podem receber coroas para usar. Membros do tribunal de formatura podem receber faixas para usar e fotografados juntos.[4]

Eventos semelhantes, que podem ser inspirados localmente por bailes de debutante, ocorrem em muitas outras partes do mundo. Dentro Canadá, os termos "formal" e "Graduado" são frequentemente usados, enquanto na Austrália e na Nova Zelândia, os termos escola formal e bola são mais comumente usados ​​para ocasiões equivalentes ao baile de formatura americano, e o evento é geralmente realizado para estudantes no 12º ano, embora a concessão dos títulos reais não ocorra. Muitas escolas realizam um baile formal de formatura para os alunos concluintes no final do ano, no lugar de um baile formal. Dentro Irlanda uma baile de debutante ou debs também pode ser realizada. Dentro Polônia, escolas de segundo grau organizam um "Studniówka". O termo" baile "está se tornando mais comum no Reino Unido e Canadá por causa da influência de filmes e programas de televisão americanos, como Graxa.

Nos Estados Unidos

História

Baile de formatura

Nos primeiros dias de formatura do colégio, o baile noturno tinha uma função semelhante a um baile de debutante. Os primeiros bailes foram tempos de estreias: o primeiro evento social adulto para adolescentes; a primeira vez que saía com o carro da família depois de escurecer; o primeiro caso real de vestir; e assim por diante. Os bailes de formatura também serviram como uma ocasião fortemente documentada, semelhante a um evento marcante como a primeira comunhão ou um casamento, no qual os participantes estavam dando um passo importante para uma nova etapa em suas vidas. Nos dias anteriores, o baile também pode ter servido como um anúncio de noivado para o 'melhor casal' depois que o tribunal do baile foi coroado e reconhecido.[5]

Embora os anuários do ensino médio não cobrissem bailes e incluíssem fotos de bailes até as décadas de 1930 e 1940, historiadores, incluindo Meghan Bretz, acreditam que os bailes podem ter existido em faculdades já no final do século XIX. O diário de um estudante do sexo masculino em Amherst College em 1894 relata um convite e uma viagem para um baile de formatura na vizinha Smith College para mulheres. A palavra formatura naquela época pode ter sido apenas uma descrição chique para um baile comum do primeiro ou último ano, mas o baile logo ganhou um significado maior do que a vida para os alunos do ensino médio.[6]

Os bailes de formatura foram diminuindo gradativamente, desde reuniões universitárias até extravagâncias do ensino médio. No início do século 20, o baile de formatura era uma dança simples onde os alunos do último ano do segundo grau usavam suas melhores roupas de domingo. Nas décadas de 1920 e 1930, o baile se expandiu para um banquete anual de classe onde os alunos vestiam roupas de festa e dançavam depois. À medida que os americanos ganharam mais dinheiro e tempo de lazer na década de 1950, os bailes se tornaram mais extravagantes e elaborados, tendo semelhanças com os bailes de hoje. O ginásio do colégio pode ter sido um cenário aceitável para bailes do segundo ano (soph hop), mas o baile de formatura e do último ano gradualmente mudou para salões de baile de hotéis e clubes de campo. A competição floresceu, enquanto os adolescentes se esforçavam para ter o melhor vestido, o melhor meio de transporte e o par mais bonito. A competição pelo tribunal do baile também se intensificou, à medida que a designação de 'rainha do baile' se tornou uma importante distinção de popularidade. De certa forma, o baile se tornou o evento máximo da vida de um estudante do ensino médio, o ensaio geral definitivo para um casamento.

Hoje, o baile continua a ser um evento notável no clima social das escolas secundárias. Filmes e romances populares atestam a importância dos temas, datas e rainhas do baile. Em algumas áreas, as tradições do baile não são tão rígidas como costumavam ser, com algumas áreas permitindo a participação de indivíduos ou grupos em vez de casais. Em 1975, a Primeira Filha dos EUA Susan Ford realizou seu baile no Quarto Leste do Casa branca.[7]

Terminologia

A palavra formatura origina-se como um truncamento do passeio.[8][9]

Variação existe entre diferentes dialetos no que diz respeito a se formatura é usado com o artigo definido ou não, por exemplo, se alguém diz "vá ao baile" ou "vá ao baile".[10]

Promposto é um maleta de "baile" e "proposta", descrevendo o ato (às vezes elaborado) de pedir a alguém para ser a data do baile do solicitante.

Traje

Menina em traje de baile formal, Estados Unidos, década de 1950

Tradicionalmente, os meninos se vestem com trajes formais em preto ou branco, independentemente da época do evento, às vezes com gravata ou gravatas borboleta com coletes, em alguns casos em cores que combinam com o vestido de sua data.

Tradicionalmente, as meninas usam vestidos ou vestidos de noite e se enfeitam com joias femininas, como brincos e um colar. Tradicionalmente, as meninas usam perfume e maquiagem, como sombra, batom, rímel e blush. As meninas também vestem tradicionalmente um corsage, dado a eles por suas datas, e as meninas dão aos meninos boutonnières para ser usado na lapela.

Logística e tradições

Garota ao lado de uma limusine antes do baile, 2006

Os participantes do baile podem ser limitados por suas escolas a juniors ou seniors e convidados menores de 21 anos.[11][12] Antes do baile, as garotas normalmente arrumam o cabelo, geralmente em grupos, como uma atividade social em um salão de beleza. Casais de baile então se reúnem em um parque, jardim ou em suas próprias casas e de seus acompanhantes para fotos individuais e / ou em grupo. Os participantes do baile podem alugar limusines[13] ou ônibus de festa[14] para transportar grupos de amigos de suas casas para o local do baile: um salão de banquetes ou ginásio da escola. Algumas escolas organizam seus bailes de formatura em salões de hotéis ou outros locais onde os casamentos normalmente acontecem. A própria dança pode ter banda ou DJ. No baile, uma refeição pode ser servida. O custo do baile nos Estados Unidos era em média US $ 1.078 por família[15] em 2012 e $ 1139 em 2013.[16]

Algumas escolas de ensino médio permitem apenas a turma de formandos (idosos) para ter um baile. Algumas escolas também permitem a 11ª série (juniores) para ter um baile de formatura e escolas secundárias selecionadas têm até baile para calouros e segundanistas. Em alguns casos, há um baile combinado de formatura júnior / sênior. Algumas escolas e faculdades americanas que não permitem bailes patrocinados pela escola oferecem um baile de formatura como banquete ao invés de baile. Normalmente, os alunos ainda se vestem com trajes formais e comparecem como casais. Mais e mais faculdades estão promovendo bailes nos últimos anos, geralmente como arrecadadores de fundos para organizações do campus, como grupos de dança de salão, fraternidades / irmandades ou outras organizações. Nos últimos anos, os adolescentes americanos começaram a convidar celebridades ou modelos famosas para seus bailes de formatura.[17][18]

Pós-baile

Após o baile, os pais ou a comunidade podem hospedar um depois da festa do baile,[19] resplendor ou pós-baile[20][21] em um restaurante, local de entretenimento ou na casa de um estudante. Outras tradições costumam incluir viagens a atrações próximas, como parques de diversão, parques regionais ou locais, ou casas de férias familiares ou alugadas. Alguns desses eventos pós-baile são acompanhados[22] e alguns não são supervisionados. Muitos pós-formações (eventos pós-formatura) são na escola e envolvem trazer entretenimento, como jogos interativos, artistas e outros entretenimentos para a escola, como um meio de impedir o consumo de álcool por menores e outros comportamentos inadequados.

No Reino Unido

Alunos e seus pais na noite do baile, na Inglaterra.

No Reino Unido, antes dos anos 2000, muitos escolas secundárias iria realizar eventos como um verão bola para comemorar o fim do prazo ou um bola de saída para comemorar o fim da escolaridade, mas geralmente não tinham o significado cultural ou social dos bailes de formatura no estilo americano.[citação necessária]

Nos anos 1970, discotecas da escola tinha sido outra tradição de eventos semiformais sendo realizados em várias épocas do ano, em particular durante o período de Natal, embora nem todas as escolas secundárias permitissem tais eventos ou "faça".[citação necessária]

Durante os anos 2000, os bailes de formatura tornaram-se comuns nas escolas do Reino Unido, aparentemente devido à influência dos programas de TV dos Estados Unidos.[23] o Daily Telegraph relatou em 2012 que:[24]

elaboradas celebrações de 'distribuição' para alunos do 11º ano (de 15 a 16 anos) e do 13º ano (de 17 a 18 anos) tornaram-se um fenômeno cultural, alimentando paixões e rivalidades, e remodelando o sentido do que uma festa escolar deveria ser. Mais de 85 por cento das escolas na Grã-Bretanha realizam bailes de formatura, que variam de jantares simples em corredores de escolas a extravagâncias feitas sob medida em hotéis cinco estrelas com extras como vans de sorvete e cabines fotográficas.

Escolas na Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte realizam predominantemente seu baile de formatura, ou escola formal, no final do ensino médio no ano 11 (idades 15/16) e o final da sexta série (18 anos), para aqueles que continuaram os estudos.[citação necessária]

Na Escócia, é geralmente realizado apenas no final do S6 (idades 17/18) porque todas as escolas secundárias na Escócia têm alunos de até 18 anos, enquanto em outros lugares do Reino Unido muitos alunos têm que ir para a faculdade para estudar para A- Níveis. Os bailes de formatura são geralmente realizados em junho, após os exames de fim de ano, embora na Irlanda do Norte eles sejam geralmente realizados no inverno, próximo ao início do ano letivo. Em eventos formais escoceses, os meninos geralmente usam kilts (kilts também são frequentemente vistos nos outros céltico regiões) e lojas de roupas de Highland frequentemente vendem tudo em uma área nessa época do ano devido à demanda de eventos escolares. Também em Escócia, é habitual que a dança tradicional escocesa do país (parte do currículo de todas as escolas secundárias) seja incluída.[citação necessária]

Encontros sociais relacionados em outro lugar

África

No Egito, as escolas particulares têm bailes semelhantes aos realizados nos Estados Unidos, mas com pequenas diferenças. O baile é realizado por no máximo 3 horas, onde os professores assistem e aproveitam alguns momentos com seus alunos. Depois, há o "pós-baile", onde não são permitidos professores ou pais, durante esse tempo, a verdadeira festa começa com todos os alunos dançando e curtindo o tempo. O pós-baile pode continuar às 4h e 5h. Em alguns lugares, não há mistura de homens e mulheres em alguns lugares devido à adesão aos códigos islâmicos.[25]

No Quênia, Etiópia, Nigéria, Uganda, Gana e Tanzânia, a maioria das escolas particulares com expatriados ter bailes de formatura ou "eventos sociais de fim de ano".

Na África do Sul, o equivalente ao baile americano é o Matric Dança, a decorrer durante o ano de matrícula (ou seja, último) do ensino secundário (12º ano). Realiza-se no final do terceiro trimestre, pouco antes das férias de primavera, após o que começam os exames de admissão. Geralmente assume a forma de um jantar formal e dança. Na maioria das escolas, a turma do 11º ano é responsável por organizar o evento. Às vezes, professores e pais também comparecem.

A dança matricial tornou-se uma das ocasiões mais populares do calendário social sul-africano, mas não sem muita controvérsia pelo seu custo que, dizem, "poderia ser tanto quanto o casamento de algumas pessoas". A revista que diz isso elabora: "Muitos pais ficarão divididos entre querer mimar seus filhos e resistir à extravagância de entregar milhares de rands por um vestido ou terno que provavelmente só será usado uma vez."[26]

Na Zâmbia, as escolas privadas têm um "jantar / dança de despedida" que é planeado para a turma do 11.º ano e ocorre no sábado a seguir à sexta-feira da cerimónia de graduação. A dança está planejada para a classe da 12ª série, bem como para a classe do sexto ano superior e normalmente é feita na 1ª sexta-feira depois que ambas as classes terminam de escrever seus exames de nível A e IGCSE. O jantar começa às 19h e a classe do 11º ano se apresenta como os servidores e também como entretenimento durante todo o jantar. O jantar termina à meia-noite e é seguido pela "after-party" que é celebrada noutro local (normalmente um clube) sem pais e sem professores. Os custos do aluguel do local são cobertos pela venda de ingressos para estranhos e a festa geralmente é planejada pelas próprias turmas de formandos.

Ásia

No Afeganistão, há um almoço organizado pelos alunos formados e denominado "festa de formatura". Isso é visto principalmente na graduação de nível universitário após a 16ª turma com o grau de bacharel, neste dia todos os alunos do último ano, docentes e professores da Universidade são convidados como homenageados. Não há mistura de homens e mulheres devido à estrita adesão aos códigos islâmicos.

Em Hong Kong, a cultura do baile é herdada dos países ocidentais e geralmente é chamada de baile, como o Baile de Natal. Isso geralmente ocorre durante o Natal e as férias de verão. Isso é mais popular no ensino médio do que nas universidades. As escolas, além das escolas internacionais, realizam bailes de formatura geralmente são escolas do mesmo sexo, onde normalmente os sindicatos de estudantes nas escolas cooperam entre si na organização do evento. Nos últimos anos, mais e mais sindicatos individuais se uniram e formaram diferentes associações de sindicatos estudantis para organizar eventos de grande escala, incluindo grandes bailes de formatura de escolas conjuntas. Exceto para os bailes de formatura dentro do campo acadêmico, também existem bailes de formatura para adultos para caridade, onde celebridades e oficiais do governo sempre vão para essas funções.

Na Índia, Butão, Sri Lanka e Nepal, o equivalente, até certo ponto, é uma festa de despedida ou reunião de despedida. Os alunos que estão saindo recebem uma despedida calorosa dos alunos juniores e funcionários. Todos os idosos são felicitados com suvenires e superlativos são premiados. Há também algumas danças devido à influência da cultura americana e do cinema na Índia.

Em Israel, as festas de formatura do ensino médio geralmente combinam uma peça e uma cerimônia humilde, seguida por uma festa de dança. Nos últimos anos, influenciados pela cultura americana, cada vez mais graduados decidem realizar uma festa de formatura privada semelhante ao baile americano, com código de vestimenta, datas do baile, limusines e reis ou rainhas do baile, embora geralmente não seja sustentado pela escola.

No Líbano, os bailes são realizados à noite após a cerimônia de formatura. Eles geralmente são realizados em hotéis com um código de vestimenta formal, datas do baile, carros alugados e, ocasionalmente, reis e rainhas do baile. A interação entre homens e mulheres não é limitada.

Na Malásia, os bailes de finalistas estão ganhando popularidade, especialmente nas grandes cidades. No entanto, esses encontros são geralmente organizados por alunos, e a administração da escola não está envolvida.

No Paquistão, há um baile de formatura ou festa de despedida que ocorre no final do ano acadêmico da faculdade. Os alunos se vestem com trajes formais. O evento termina com uma sessão de fotos com o lote de formandos.

Nas Filipinas, os bailes de formatura são populares nas escolas secundárias. O baile de formatura geralmente ocorre no primeiro e último ano do ensino médio, normalmente por volta de fevereiro ou março. Proms são comumente conhecidos como Baile de formatura JS, ou baile de formatura. Por outro lado, se uma escola de segundo grau tem bailes separados para juniors e seniors, o termo "baile" é reservado para os juniores e a dança para os seniors é chamada de "baile de formatura" (frequentemente abreviado como "baile de graduação" ou simplesmente "baile ".) O corpo discente associado geralmente organiza o evento. Normalmente, um rei e uma rainha do baile são escolhidos. A base para o julgamento do rei e da rainha é a beleza e a moda do indicado, não a popularidade.

Em Cingapura, os bailes de formatura são realizados quase no final do último ano das escolas secundárias ou instituições terciárias. Os bailes são normalmente realizados após os exames finais de todos os alunos do último ano, antes da formatura.

Na Turquia, o equivalente é chamado de "Baile de formatura". O tipo de evento e as regras aplicadas são criados pelos governos estudantis e conselhos escolares. É uma tradição de graduação para idosos.

No Vietnã, o equivalente ao baile é chamado liên hoan cuối năm. Algumas escolas realizam seu liên hoan cuối năm em restaurantes, mas a maioria das escolas prefere "festas do chá" simples com lanches e refrigerantes dentro de suas salas de aula. Ao contrário de outros países, os alunos não se vestem com vestidos ou smokings; eles simplesmente usam uniforme escolar para as festas do chá.

Europa

Albânia

Na Albânia, "mbrëmja e maturës", como noite de formatura, é o evento que se realiza no final do último ano. Cada escola o organiza de forma independente e o evento geralmente ocorre em junho ou julho. Cerimonialmente, é muito semelhante às noites de baile nos Estados Unidos.


Benelux

Na Bélgica, assim como em algumas partes da Holanda, os alunos do último ano comemoram seus últimos 100 dias de ensino médio com um dia especial chamado Crisóstomo ou 100-dagen feest (“Festa de 100 dias”). A tradição afirma que, neste dia de inverno, os idosos podem pregar peças em seus professores e colegas. Algumas escolas usam um tema como código de vestimenta, enquanto outras optam pelo traje tradicional: jeans, uma jaqueta preta de algodão, um chapéu preto (com uma fita vermelha ou azul) e um apito no pescoço. Alguns até pintam o rosto e alguns idosos também carregam uma lata de spray (creme de barbear ou outros fluidos) para “atacar” os não idosos. Uma marcha barulhenta pela cidade também faz parte do show. Mais tarde, durante o dia, os alunos realizam um ato na escola, geralmente um show bobo envolvendo a escola ou uma paródia. À noite, os alunos vão a um clube alugado para a festa. Isso envolve dança, canto e muita cerveja para ter um gostinho da vida de fraternidade. Às vezes, até os professores se juntam à festa para mostrar que eles também têm um lado selvagem. Na Holanda, as famílias em que uma criança que passou nos exames do ensino médio costuma pendurar a mochila do aluno em um mastro que fica preso na frente da casa.

Bulgária

Na Bulgária, a bola é chamada Abiturientski Bal e é realizado no final do 12º ano, quando você tem 18/19 anos. Os preparativos para o baile começam no final do 11º ano, pois os alunos devem organizar todo o evento. É comemorado em maio, principalmente nos dias 23, 24 ou 25, após o término dos exames. Os alunos podem trazer uma data para o evento, que geralmente é realizado em um restaurante ou clube. Normalmente, antes do evento principal, há uma grande reunião em frente ao prédio do colégio, onde os formandos contam até 12 (como nas 12 séries) e tiram fotos uns com os outros antes de ir ao restaurante chamado izprashtane (“Despedida, despedida”). No evento principal, no restaurante / hotel, há música, geralmente pop e retro. Os alunos são livres para dançar com quem quiserem, mesmo que tenham vindo com um acompanhante. O diretor da escola e os professores da 12ª série também são convidados às vezes. Geralmente há uma festa pós-festa em uma boate. Algumas pessoas até organizam uma segunda pós-festa. Depois da noite do baile, os alunos geralmente fazem uma excursão juntos por 3 a 5 dias. Os destinos populares são os Mar Negro costa e Turquia. O evento costuma ser associado ao excesso de bebida, drogas, sexo e estilo novo-rico luxuoso de se vestir e desfilar (há famílias que gastariam até o salário de um ano na noite do filho). A mídia o critica regularmente, deplorando a decadência da moral.

República Checa

Na República Tcheca, o último ano em Ginásio é celebrado com maturitní ples ("bola de graduação"). Este baile ocorre antes dos exames, geralmente em janeiro ou fevereiro, a época tradicional dos bailes durante o Fasching (por exemplo., Lista de bailes em Viena) Normalmente, as bolas são formais, mas elementos modernos também estão incluídos. Os alunos convidam seus pais, outros parentes e amigos para ir ao baile com eles. Os bailes costumam ter um tema e as turmas realizam coreografias de danças no início ou à noite. Os alunos também recebem uma fita. É comum que vários artistas sejam convidados a se apresentar no baile, desde show de fogos a celebridades famosas. À meia-noite, as classes realizam uma "apresentação surpresa da meia-noite" - tipicamente algum tipo de ato engraçado. Às vezes, várias escolas organizam um evento conjunto. A renda costuma ser usada para financiar uma viagem coletiva dos alunos após os exames.

Ex-Iugoslávia

Na Bósnia, Croácia, Sérvia e Macedônia do Norte, Matursko Veče (maturalna večer e Maturska Večer), como noite de formatura, é o evento realizado no final do último ano. É semelhante à noite do baile nos Estados Unidos. Na Croácia, às vezes é realizada em janeiro ou fevereiro, como na Áustria.

Dinamarca

Na Dinamarca, o baile é chamado galla e ocorre antes do início dos exames. A palavra galla refere-se ao código de vestimenta que é vestidos para mulheres e ternos para homens. O baile na Dinamarca é conhecido por manter a dança tradicional Les Lanciers, onde os alunos da terceira série do ensino médio (os mais velhos) começam a dança inteira, depois os alunos da 1ª e 2ª séries se juntam mais tarde (a escola secundária, chamada de "ginásio" na Dinamarca, tem três anos).

Estônia

Na Estônia, o equivalente ao baile é frequentemente chamado Bola saja päeva. O evento acontece 100 dias antes da formatura e pode ser organizado com várias escolas ao todo. Os alunos podem dançar, mas outros eventos também podem estar envolvidos, além da dança de salão. As roupas são muito parecidas com as dos bailes de outros países.

Finlândia

Na Finlândia, o equivalente ao baile é chamado vanhojen tanssit (bola sênior). O evento é realizado em fevereiro, quando os alunos do terceiro ano do ensino médio (o abi) encerrar as aulas regulares, a fim de se preparar para o seu abitur exames, e no segundo ano os alunos se tornam os mais velhos da escola. Para o restante do ano letivo, os alunos do segundo ano são chamados vanhat ("os velhos" ou "os idosos").

Para o baile, os alunos do segundo ano aprendem de 10 a 15 danças formais, principalmente danças de salão antigas, como a mazurca ou um polonesa. Ultimamente, algumas escolas começaram a permitir que os alunos executassem suas próprias coreografias com a música de sua escolha, depois ou entre as antigas danças de salão.

No passado, o estilo era se vestir com vestidos vitorianos e de uma maneira antiquada, mas hoje em dia o traje é semelhante aos bailes de formatura dos EUA. Normalmente, as meninas usam um longo vestido de princesa ou um vestido de baile e os meninos usam um terno preto. Depois do baile, os alunos às vezes vão a um jantar à noite, que às vezes é em um restaurante muito formal. Às vezes, os alunos dão uma festa à noite para comemorar ainda mais.

França

Dois alunos em Paris

Na França, os alunos do ensino médio só recentemente passaram pelo baile. Em 27 de junho de 2013, mais de 300 alunos em Paris, França, realizaram um baile de formatura.[27][28] A empresa de planejamento de eventos White-Tie-Affair fez parceria com várias empresas locais para hospedar o “Baile de formatura solidário” gala de caridade. Alimentos, bebidas, local, limusine[29] bem como sacolas de presentes foram patrocinadas por diferentes empresas e fornecidas gratuitamente aos alunos. Além disso, os famosos grupos musicais franceses Psy4 de la Rime e Alibi Montana foram os convidados da noite. Todos os rendimentos da taxa de entrada dos alunos foram doados para Donnons Leur Une Chance, uma organização francesa sem fins lucrativos[30] isso ajudará a realizar projetos educacionais.

Alemanha e Áustria

Na Alemanha (e na Áustria), os alunos comemoram sua formatura na colegial, ou Ginásio, com um Abifeier (do certificado de graduação ou Abitur) ou Maturaball (na Áustria, o exame de graduação é chamado Matura) Na Alemanha, os eventos são informais e geralmente contêm uma série de atividades organizadas por alunos que tendem a tirar sarro dos professores, às vezes com um prolongado hagiografia sobre o professor favorito. Na Áustria o Maturaball é formal e pode ser visto como uma sinergia de bailes e cotilhões e muitas vezes são destaques da temporada de baile regional (entre novembro e o final do Carnaval) referenciando o glamour da tradição do grande baile do anterior Monarquia austro-húngara. Mais parecido com o baile é o alemão Abiball, que segue a cerimônia oficial de graduação. Aqui, os alunos costumam usar ternos e vestidos de baile. O Abiball geralmente segue uma determinada ordem com boas-vindas, apresentações, uma cerimônia de premiação para os alunos e, às vezes, uma demonstração estendida de todas as manifestações artísticas dos alunos e funcionários. Isso é seguido por uma banda (às vezes a própria banda da escola, se houver) ou um DJ tocando música, geralmente começando com um valsa antes de passar para outra dança. O álcool está disponível nesses eventos desde o idade legal para beber na Alemanha tem 16 anos (para cerveja e vinho), e a maioria dos alunos formados tem 18 anos ou mais.

Hungria

Na Hungria, os alunos recebem uma fita para marcar o início da preparação para a formatura. Os alunos recebem esta fita em um baile denominado "szalagavató", que significa a "inauguração das fitas". Muitos dos alunos usam essa fita em suas jaquetas ou camisas até a formatura. Esse baile noturno semelhante a um baile é tradicionalmente realizado na temporada de baile de janeiro a fevereiro, mas de novembro a dezembro também ganhou popularidade nos últimos anos. No início do baile, após um breve discurso do diretor, cada aluno recebe a fita de seu professor de turma, que a prende em sua jaqueta ou vestido. Em seguida, começa uma série de danças coreografadas, que os alunos aprenderam durante os meses que antecederam o evento. A primeira é tradicionalmente uma dança denominada "palotás" (dança do palácio) executada por alunos de turmas diferentes, depois cada turma faz a sua dança de turma e, por fim, há uma valsa, que também é executada por alunos de turmas diferentes. Ocasionalmente, os professores da escola também executam uma dança. Depois do baile noturno organizado pela escola, os alunos costumam sair à noite para beber em bares e discotecas, mesmo que alguns deles estejam abaixo da idade para beber (18 na Hungria).

Após a formatura, cada turma tem sua própria festa (sem danças coreografadas) geralmente em um restaurante, onde seus professores também são convidados. Isso é chamado érettségi bankett (banquete de formatura).

Irlanda

Na República da Irlanda, uma dança de abandono escolar é chamada de "Debs"ou"Formados". Em escolas femininas, é comumente referido como Debs (abreviação de"Baile de debutante"), e em meninos e escolas mistas pode ser referido como Grads ou Grad (abreviação de graduação) É tipicamente uma dança formal para alunos que estão se formando escola secundária (ensino médio) na Irlanda e é tradicionalmente realizada entre setembro e outubro. O álcool é quase sempre servido nesses eventos, sendo a refeição também comum.[31][32]

Lituânia

Na Lituânia, o baile é realizado após os exames finais, geralmente no mesmo dia em que os diplomas do ensino médio são apresentados. O evento é chamado išleistuvės.

Noruega

Na Noruega, este evento varia de escola para escola. Geralmente é realizada durante os meses de inverno e costuma ser chamada de "Nyttårsball", que significa "bola de ano novo". Os alunos não podem trazer pessoas de fora da escola. Na Noruega, é a norma ter bailes de formatura para alunos da 8ª, 9ª e 10ª séries no ensino fundamental norueguês e, na maioria das vezes, não há divisão entre formal e pós-graduação - os alunos podem comparecer com qualquer roupa que escolherem, como os tradicionais vestidos longos até os joelhos.

Polônia

O equivalente polonês do baile (Studniówka) é um evento muito popular realizado todos os anos em todo o país; a própria palavra significa "de ou relacionado a 100 dias". A maioria das escolas organiza tal evento cerca de 100 dias antes do (matura) sessão de exame. A primeira dança do baile é a tradicional polonesa polonesa. No passado, o código de vestimenta para o Studniówka era o mesmo que nos exames finais, ou seja, uma blusa ou camisa branca com uma saia ou calça escura. Ao contrário do Studniówka, traje formal é necessário para o chamado Grande Baile ("bal maturalny"), realizado após a formatura. Hoje em dia, como Grand Balls são raros, o Studniówka adotou um código de vestimenta formal.

Portugal

Em Portugal não havia tradição de formatura. No entanto, durante os últimos anos, as escolas adotaram essa celebração. Normalmente, acontecem antes do final do ano letivo, em maio ou junho, e são chamados de "Baile de Finalistas". Os alunos usam ternos e vestidos formais. Normalmente é organizado por uma associação de estudantes, eleita no início do ano letivo pelos alunos para organizar eventos escolares.

Embora aconteça na maior parte do país, na Ilha da Madeira a tradição é um pouco diferente. Em vez do baile de formatura no final do ano, os formandos fazem uma cerimônia chamada "Benção das Capas", onde todos usam ternos, inclusive as meninas, e uma capa que é abençoada pelo cardeal da cidade. Depois, os alunos jantam com seus amigos e familiares e depois vão ao baile. Porém, esse baile não é formal, acaba sendo parecido com um clube, mas em um local diferente, embora às vezes possa acontecer em um clube. Esse local é escolhido pela associação de estudantes. Esta cerimónia acaba por ser muito semelhante à que os alunos portugueses fazem quando terminam a faculdade. Os alunos só têm data para comparecer à primeira cerimônia e costumam ir ao baile em grupos.

Romênia

Na Romênia, bailes de finalistas distintos são realizados a cada ano em escolas de segundo grau e faculdades, tanto para os alunos formados quanto para os recém-matriculados. Eles são chamados de bailes de formatura e bailes de calouros ("boboci", que significa "filhotes" em romeno), respectivamente. Geralmente não são black tie (informais). O local é escolhido pelo corpo docente e pode ser qualquer local, incluindo o ginásio ou auditório da escola, um clube ou um restaurante. É comum cobrar dos alunos uma taxa de admissão para compensar o custo. Normalmente, uma ou mais bandas ou cantores são contratados para fornecer entretenimento. Freqüentemente, o evento é patrocinado por empresas locais. O acesso geralmente é controlado e limitado a alunos dessa escola ou universidade em particular, mas podem ser feitas exceções para parentes e não é incomum que alunos de outras instituições tentem ir a um baile de formatura em particular. Os bailes de formatura dos calouros geralmente incluem algum tipo de concurso de popularidade, que designa 3 meninas e 3 meninos como lugares I, II e III "mais populares", conforme escolhido pelo voto dos alunos; os candidatos devem passar por vários desafios divertidos, que geralmente incluem dança em pares. De um modo geral, os bailes de formatura dos calouros são os mais populares, com os bailes de formatura dos calouros sendo frequentemente divulgados como eventos de clubes e promovidos por estações de rádio, que aproveitam a oportunidade para apresentar bandas e cantores. Considerando que os bailes de formatura são mais moderados e frequentemente não são um evento público ou mesmo para toda a escola, muitas turmas de formandos optam por restringir a participação apenas aos formandos reais e seus professores.

Bielo-Rússia e Rússia

Na Bielo-Rússia e na Rússia os bailes são chamados de "Vypusknоi vechеr" (Выпускной вечер), que significa literalmente "noite de formatura". Elas acontecem de 18 a 20 ou de 23 a 25 de junho, após a conclusão dos exames estaduais. Os bailes de formatura nunca são realizados no dia 21/22 porque ocorreram no dia 21 de junho de 1941, mas no dia 22 todos os formandos foram convocados para lutar contra o Invasão alemã durante Segunda Guerra Mundial. Primeiro, todos os graduados recebem seus diplomas. Os alunos com notas mais altas recebem primeiro. Depois, o baile continua como um baile escolar, tradicionalmente com danças clássicas. Os alunos podem escolher restaurantes, cafés ou navios ao invés do terreno da escola para realizar os eventos. Proms podem ser realizados em um discoteca, mas deve começar com a valsa da escola. No final da noite do baile, é tradição caminhar a noite toda e assistir ao nascer do sol pela manhã (em uma colina, se aplicável, em Moscou - Sparrow Hills).

Eslováquia

Na Eslováquia, a coisa mais próxima do baile é Stužková, uma ocasião em que os alunos do último ano se reúnem com seus pais, parceiros e professores para comemorar sua formatura. Acontece em novembro ou dezembro. Cada um dos alunos recebe uma fita verde com seu nome (daí o nome Stužková, a "Ribbon Ball"). The principal and the class teacher are given big green ribbons as well. Many of the students wear this ribbon on their jackets or shirts until graduation. Stužková typically includes a banquet, skits and songs prepared by students, and, of course, dancing. Men wear formal suits and women formal dresses. One week before Stužková is a ceremony of Pečatenie triednej knihy (Sealing of the grades book) so that teachers will not be able to give tests or do examinations of the students until Stužková. It is connected with some story and recorded on camera and then used as a part of the video of Stužková. It usually starts at 6 p.m. and ends in the early hours of the next morning (4a.m.).

Eslovênia

In Slovenia, the equivalent is Maturantski ples. It is held before the final exams between January and May, depending on the region and school. Students can bring dates and/or close family to the ball. It is a custom that each student dances the last dance of the first sequence, a Vienna Walzer, with his mother/her father. There is also a dinner and live music.

Espanha

In some places in Spain, proms are also celebrated as after-school parties. These parties are commonly called "fiestas de graduación", which can be translated as "graduation parties".

Suécia

In Sweden, this kind of event is usually known as "Studentbalen". The word "Studentbalen" is a nome próprio significado "The Student Ball," while the word studentbal is a nome comum that can refer to any formal dinner and dance at a Swedish university. Studentbalen is usually held during the final weeks before graduating and can be formal.

Suíça

The Swiss equivalent of a prom is the bal de printemps.[33] Literally translated, this is a "Spring Ball." At some schools in the German-speaking cantons, it is called "Maturaball." This is not always organized by the schools, but sometimes by a student's committee. It takes the most part before the final exams.

Ucrânia

In Ukraine, prom is called "Vypusknyi vechir" or simply "vypusknyi" (Випускний вечір ou simplesmente Випускний), which literally means "graduation evening". The date is defined by a school,;[34][35] usually any date from late May to mid-June. Usually, "vypusknyi" consists of two parts. The first one called "urochysta chastyna" (урочиста частина, that means "solemn part"), during which graduates receive their diplomas and certificates of honor for exceptional achievements during studying. The first part is conducted in the first part of the day, while the second part usually starts in the evening. The time between the two parts is used to walk around a city and take some pictures. The second part, "ne ofitsiyna chastyna" (не офіційна частина, that means "informal part"), starts as a school ball, but after a round of waltz, it transforms into a conventional party. The venue of the second part is determined by graduates and their parents; usually, it takes place in school, cafe, restaurant, on a boat or at the country. Traditionally, the second part is attended by graduates, their parents, and teachers. However, school teachers and parents don't mix with graduates. The second part ends with sunrise. Usually, each city has one or a few locations that are the most popular for watching a sunrise. That is why schools try not to have proms on the same date.

Oceânia

In Australia and New Zealand, the tradition is similar to schools in the United States. However, if the event is not described to the final year, it may be described as a Ball, School Formal, ou simplesmente Formal. If the event is in the final year of high school, it is sometimes called a Dinner-dance, Leavers' Dinner or Debutante Ball but is also commonly called a School Formal or "Formal." In Australia, some schools may also have a Valedictory Dinner, which is like the formal but has students, parents, and teachers instead of students and dates.

As the name suggests, attire for the occasion is generally formal. [36] Boys will usually dress in a terno e gravata. Girls traditionally wear formal vestidos ou vestidos. In most cases a school formal is held at a local reception center or salão de baile. UMA multicourse meal is generally provided. After the meal students generally dança to popular music played by a hired DJ or sometimes a band. Many students group together to go to the formal in a limusine. While parents do not attend a formal, teachers may act as acompanhantes for the formal and seguranças are sometimes hired. The use of chaperones is intended to prevent the occurrence of violência and alcohol or drug use. Generally, after a formal, one or more after-parties are held.

In addition to the high school graduation "formal" that marks the end of Year 12, there is also an event that is sometimes held to celebrate completing the Certificado escolar at the end of Year 10 (or Year 11 in New Zealand), and always held after receiving Certificado de Ensino Superior at the end of Year 12 and includes a dinner and dance. The NSW Government announced the abolition of the School Certificate after 2011, with students in year 10 that year being the final cohort to sit the external examinations and receive the qualification. Subsequent Year 10 "Formals" have been deemed "unnecessary" due to the fact that the majority of Year 10 students now progress to Year 11. In previous years when 25–30% of students left high school in Year 10, the Formal was seen as a celebration for those departing, however, Year 10 Formals are still sometimes celebrated in the name of tradition. In year 11, students occasionally organize a "semi-formal" or "social" at the end of the school year, which is a more casual version of a formal. If a school has a sister school the social is typically organized in conjunction with them, as a "social event" for people to mingle and meet new people. The Valedictory Dinner (or Val as it is colloquially called) is an event that only occurs in Year 12. In New Zealand, most state school balls are held in the winter months, between June and August, while in Australia, a "formal" is held at the end of the year to mark the end of schooling, as is the Valedictory Dinner.

In American Samoa, the typical Junior/Senior prom is held in most of the schools, an exception would be one of the private schools, which lets even 8th graders, freshmen, and sophomores participate in prom.

Central America, South America and the Caribbean

Venezuelans also have a prom, commonly referred to as "graduación" or "fiesta de graduación." It can consist of dancing, dinner, and live music.

In Argentina, there are "fiestas de egresados" for students finishing their last year of high school. These consist of big parties hosted by the senior students in local discos or other venues, starting at 10 p.m. until about 5 or 6 in the morning. They have dinner with parents and other members of the family, and after midnight friends and other guests join the dance. The parties start in late September after most students come back from their senior trip to Bariloche and last until early December, after the graduation. The students dress formally.

In Brazil, bailes de formatura are usual at the end of high school and at college graduation. There is no crowning of a "king" or a "queen," but evening gowns and suits are required. The family may or may not be included, and there may be a live band or DJ hired to command the music.

In Chile, proms, or "fiestas de graduación" (graduation parties), are usually held at convention centers or hotels after the "licenciatura," or graduation from high school. They can also be held after taking the PSU (Chilean University Entrance Exam) in December. Students are expected to dress formally. They are allowed to go with dates or friends. After the dinner, the dance continues through the night into the next day.

In Colombia, many private schools usually have prom balls as well, usually consisting of a dinner, dancing, live music, and contests. They are usually held at hotels or clubs.

In Costa Rica, like many other American countries, the "Baile de graduación" is celebrated after finishing high school, where grade 11 is also the last year. It usually takes place before graduation to celebrate the end of school. It's normally held in hotels or saloons with a dance floor, music and dinner. It starts with the students walking through the dance floor and dancing a valsa. The dinner comes after, and the rest of the night consists of dancing and celebration.

In Honduras, they are called "Cena de Graduacion", they are held in luxury hotels, also familiars of the graduating students are invited. This event is held only for private schools, the act consists on formal graduation and delivery of their diplomas, after that, a dinner is held between the graduating students and their familiars or friends in the same room which later will become in a dance floor for everyone.

In Mexico, most high schools and junior high (middle school) have proms only allow the graduating class (seniors) to have a prom, after a church service for the graduating class. The students dress in Formal wear and attend in couples. Some colleges have an after-graduation dinner dance.

In Peru, proms—"Fiestas de Promoción"—are usually held at hotels, convention centers, or big residences. O código de vestimenta é formal. Some parents and teachers are often invited, but they don't stay the whole night. Dinner is served as well as alcoholic drinks and delicatessen. Breakfast is often served the next day, at around 6–7 am. There is a growing tradition to hold a pre-prom for the students in the class below the graduating class, and even a pre-pre-prom for the students in the class below that.

In Trinidad and Tobago and most Caribbean countries, it is traditional for schools to hold a dance at the end of the CXC/Nível Avançado GCE examination period. This is thrown simultaneously for fifth form and upper sixth form students during the months of June or July after the school's official graduation ceremony. É coloquialmente referido como grad ou gradz. A maioria gradz are held in popular clubs, hotels, halls or simply on the school's grounds. Most schools allow students to bring dates, and a formal dress code is usually in effect.

In Uruguay, graduation parties are usually held after graduation. These parties can be organized by the school or by the students themselves. Usually, a place is rented, and formal parties are held. Students are allowed to take one guest, as a friend or as a partner.

Homeschool proms

The concept of extending prom to homeschool students has been realized in recent years. Although some school districts in the United States and Canada allow homeschool students to attend the prom in the school district where they reside, many homeschool groups also organize their own proms. Alguns estados, como Oregon,[37] Ohio, Georgia, Tennessee, and Michigan, also host statewide homeschool proms, which any homeschool student in that state is welcome to attend.

Proms that are specifically geared toward homeschool students can sometimes be significantly different from traditional high school proms. It is not uncommon for a homeschool student to attend a homeschool prom solo, rather than taking a date. Often the music played is chosen by the parents rather than the students.

Adult proms

An adult prom is a social event that is almost perfectly similar to a high school prom in terms of themes and attire, except that some adult proms also serve bebidas alcoólicas, and therefore most adult proms (at least in the U.S.) require those attending to be at least 21 years of age. The origin of adult prom is unclear, though Drew Barrymore is often credited with inadvertently inventing the concept in the 1990s, when she stated in an interview on Late Night with Conan O'Brien that she threw a prom party for herself and a few friends who never got to go to prom.

A form of adult prom is the "second chance prom", which is sometimes sponsored by a local radio station in some cities. It is a big gathering of people who either did not go to prom, wanted to relive prom, or whose high school prom did not work out the way they had hoped.

No romance Propriedade de Ninguém, character Mallorie Walcott, an event planner, mentions that she helped put her younger daughter Cassandra through college, in part, from the revenue she made from planning adult proms in the 1990s either for people who missed their actual high school proms in the 1970s and 1980s or simply wanted to re-live their prom night.

They have become increasingly common, especially in the United States, and usually are hosted either as fundraisers for charities, or for-profit ventures.

A slightly different take on the adult prom is that of the disabilities prom, dedicated to providing a prom experience to disabled adults at no charge to the attendees. These events are most often organized by non-profit organizations focusing on the disabled, or large churches.[38]

Other prom-themed events

Sometimes, individuals re-create a prom-themed party either for themselves or a friend who did not get to attend his or her prom.

Drew Barrymore has been known to host "prom parties" on at least two occasions, having once stated in an interview with Conan O'Brien in the late 1990s that she threw one for herself one time because she had always wanted a prom, but didn't get the chance, having not finished high school. In 2007, Barrymore threw a prom-themed birthday party for a close friend who had missed her senior prom.[39]

In 2009, friends, family members, and hospital workers in Atlanta, Geórgia re-created a prom for then-senior Raven Johnson, who was in a coma at the time of her original senior prom.[40]

In 2010, Theatrical producers in Nova york produced an audience participation theatrical play, set in an actual dance hall, called The Awesome 80s Prom,[41] where attendees were at a prom and got to vote on the king and queen from the cast of characters.

Anti-proms and alternative proms

Anti-proms can be private, unofficial proms that are privately created, outside the control of the school, usually by people who disagree with their school's prom policies. Some schools also include the "Anti Prom" as an official event called MORP (Prom spelled backwards). MORP dances can be similar to a Sadie Hawkins dance where the Girls ask a Boy date, informal attire, and the decor can be dark or less elegant reflecting the "anti-prom" nature of MORP.

Adult proms for gay and lesbian adults who could not attend their proms with a date of the same sex are popular in some cities.[42] A 1980 decisão do tribunal required public schools to allow same-sex dates in the United States.

Controvérsias

Proms have been the source of many controversies, many of which involve LGBT alunos.

  • According to Jackie Blount, during the Era McCarthy "schools became implemented curricula intended to keep youth sexually straight. In effect, schools became fundamentally important agencies in the nationwide campaign to fight homossexualidade." This attitude further promoted heteronormative practices such as naming a prom king and prom queen, requiring strict gender conformity in dress, etc.[43]
  • In 2002, gay teenager Marc Hall was prohibited from taking his male date to his high school's dance; corredor sued the school board E ganhou.[44]
  • In 2009, Tyler Frost was suspended for attending his girlfriend's prom, because his Christian high school disallowed dancing.[45] Although the principal at Frost's school signed a paper allowing Frost to attend the prom, he said Frost would be suspended if he went, but Frost did so anyway.
  • Em um 2010 Itawamba County School District prom controversy, lesbian high school senior Constance McMillen requested to take her girlfriend to the prom at Itawamba Agricultural High School in Fulton, Mississippi, where they were both students. The principal denied her request and prohibited her from wearing a tuxedo. When McMillen challenged the school's policy, the prom was canceled, leading McMillen to sue the school.[46] Following a court decision forcing the school to hold the prom, local parents organized a second prom in secret, leaving Constance, her girlfriend and only 5 other students at the official prom.[47]
  • In 2014, student Katie Bialy from Escola Secundária Santa Cruz Católica, St. Catharines, Ontario, with the genetic condition Síndrome de Ehlers-Danlos (EDS) was not allowed to go to prom by her school principal Denice Robertson because her grades were not as good as required and she could not graduate.[48] Her condition had impaired her ability to do schoolwork and she asked the principal if she could go as a guest, but the principal refused her the option. This incident has resulted in public support for Bialy in social media and also increased awareness of her condition.

Na cultura popular

Nos filmes

AnoTítulo
1948Um encontro com Judy
1976Carrie
1978Graxa
1979Uma relação estável
1980Noite de formatura
1983Valley Girl
1984descomprometido
1985De volta para o Futuro
1985Lobo adolescente
1986Pretty in Pink
1987Amor louco
1988Dance até o amanhecer
1990Livro do amor
1993Meu namorado está de volta
199910 coisas que eu odeio em você
torta americana
Me deixa louco
Jawbreaker
Nunca fui beijado
Ela é isso tudo
2002Carrie
2004Meninas Malvadas
2005Céu alto
2008Bart tem um quarto
Noite de formatura
Crepúsculo
High School Musical 3: último ano
Prom Wars
2009Miss março
Cabin Fever 2: Spring Fever
Programa de Proteção à Princesa
2011Formatura
Espírito jovem
2012rua do Pulo 21
2013Carrie
2015Arrepios
2018The Kissing Booth
Bloqueadores
Suspense
2020O baile

On documentary films

AnoTítulo
2006O melhor baile do mundo
2008Adolescente americana
2009Prom Night no Mississippi

On television

AnoEpisódiosérie de TV
1990"O baile"Salvo pelo gongo
"Prom-ise Her Anything"Tiny Toon Adventures
1993"Uma noite para recordar"Beverly Hills, 90210
"Promessas Promessas"Roseanne
1995"Anjos no Ar"Tocado por um Anjo
1996"Vídeo do baile de formatura"Amigos
1997"Garota da Profecia"Buffy, a caçadora de vampiros
1998"Fools Rush Out"Festa de cinco
"Promessas, promessas"Boy Meets World
1999"O baile"Buffy, a caçadora de vampiros
"Noite de formatura"Esse programa dos anos 70
2001"Promicide"Dawson's Creek
"Círculo completo"Queer as Folk
"Meu coração"Roswell
2006"Melhor baile de todos os tempos"Como conheci sua mãe
"Morp"Malcolm no meio
"O Favor da Festa"O O.C.
"Olha quem está perseguindo"Veronica Mars
2007"Prom Night at Hater High"One Tree Hill
2008"Nós construímos esta cidade"Degrassi: a próxima geração
"I've Had the Time of My Life"Kyle XY
2009"Valley Girls"Gossip Girl
2010"The Prom Before the Storm"90210
"Prom Wrecker"Vitorioso
2011"Prom Queen"Alegria
2014"The Prom Equivalency"A Teoria do Big Bang
2015"Última dança"Pequenas Mentirosas
2016"For Tonight We Might Die"Classe
2017"Tape 3, Side A"13 razões pelas quais
MTV Série de TVPromposto
"Apocalipse"Fugitivos
2019"E salgue a terra atrás de você"Euforia
2020"Nadia and Omar"Elite
"Formatura"13 razões pelas quais

Música

AnoCançãoArtista
1958"A Date With Jerry"Wanda Jackson
1990"Promnight in Pigtown"John gorka
2000"Saco de lixo adolescente"Wheatus
2008"Uma noite para recordar"High School Musical 3: último ano
2009"Plain Jane"B.J. Thomas
"Você pertence a mim"Taylor Swift
2013"Um brinde a nunca crescer"Avril Lavigne
2014"Quebrar as regras"Charli XCX
2015"Marvin Gaye"Charlie Puth apresentando Meghan Trainor
2017"Se movendo"Marshmello
2018"De volta para você"Selena Gomez
"Pressão"Musa
"The Rapture Ball"Papoula

Veja também

Leitura adicional

  • Anderson, Ann (2012). High School Prom: Marketing, Morals and the American Teen. McFarland.
  • Mark, Mary Ellen, Formatura, Getty Publications, Los Angeles, 2012. ISBN 978-1-60606-108-4.

Referências

  1. ^ Carlos, Amanda (2010-04-29). "Carlos Commentary: Summit students enjoy a successful prom". Fontana Herald News. Recuperado 2010-05-05.
  2. ^ "Hudson High Prom Court Nominations". Arquivado de o original em 25/10/2012. Recuperado 2012-09-18.
  3. ^ "Nominations Should be Based Upon More than Popularity". Arquivado de o original em 10/04/2013. Recuperado 2013-02-25.
  4. ^ "Cópia arquivada". Arquivado de o original em 04/01/2011. Recuperado 2013-05-16.CS1 maint: cópia arquivada como título (ligação)
  5. ^ Ann Anderson (2012). High School Prom: Marketing, Morals and the American Teen. McFarland. pp. 7–10.
  6. ^ "Prom in the 1940s and 1950s - The Vintage Inn". 19 de novembro de 2014. Arquivado de o original em 25 de novembro de 2016. Recuperado 24 de novembro 2016.
  7. ^ Anderson. High School Prom: Marketing, Morals and the American Teen. pp. 100–114.
  8. ^ Zimmerman, Jonathan (2013-05-03). "Prom An Iconic American Tradition". Chicago Tribune. Recuperado 2013-05-20.
  9. ^ "prom | Origin and meaning of prom by Online Etymology Dictionary". www.etymonline.com. Recuperado 2020-05-07.
  10. ^ "Kissed Her on the Stairs". Um jeito com palavras. 1 ° de dezembro de 2012.
  11. ^ "District 155 Guidelines". 2010-05-21. Arquivado de o original em 22-04-2010. Recuperado 2010-05-28.
  12. ^ Roxana Hegeman (2013-05-01). "Kansas school apologizes to Airman in prom dispute". News.yahoo.com. Recuperado 2013-05-20.
  13. ^ "DUI Prom Bus Driver Charged". Chicago Tribune. 2013-05-14. Recuperado 2013-05-20.
  14. ^ "Prom Party Bus for the Best Night of Your Life with up to 30 of your friends!". High City Limo. Recuperado 2016-12-14.
  15. ^ "The soaring cost of prom: By the numbers – Yahoo! News". News.yahoo.com. 17/04/2012. Recuperado 2012-07-15.
  16. ^ Bodnar, Janet (2013-06-02). "Dance tips: Prom expenses don't have to break bank". Money and Real Estate W: Chicago Tribune. p. 2
  17. ^ "Teen Who Invited Kate Upton to Prom Gets Best Consolation Prize Ever". Omg.yahoo.com. 23/05/2013. Recuperado 2017-04-18.
  18. ^ "Teen scores NFL star as prom date on Twitter". Notícias da raposa. 2012-05-13.
  19. ^ "Prom After Party". Chicago Tribune. 2013-05-18. Recuperado 2013-05-20.
  20. ^ "Cópia arquivada" (PDF). Arquivado de o original (PDF) on 2012-05-18. Recuperado 2012-05-23.CS1 maint: cópia arquivada como título (ligação)
  21. ^ "Senior Tips for Attending Post Prom". DEHS Post Prom. Arquivado de o original em 26/08/2013. Recuperado 2013-05-20.
  22. ^ "Walt Whitman High School Post Prom Page". Recuperado 2012-09-18.
  23. ^ Pyke, Nicholas; Bloomfield, Steve (2004-07-11). "The high school prom arrives in UK (via stretch limo, naturally)". O Independente. Londres.
  24. ^ Williams, Sally (2012-08-10). "Fairytale ending: the rise of the British prom". The Daily Telegraph. Londres.
  25. ^ "The Prom without Boys - NYU Livewire". journalism.nyu.edu. Recuperado 18 de novembro 2018.
  26. ^ "How to budget and plan for matric dances Part I". 25 de julho de 2012. Recuperado 15 de abril 2019.
  27. ^ "Un bal de promo solidaire". leparisien.fr. 27 de junho de 2013.
  28. ^ "Cópia arquivada". Arquivado de o original em 29/10/2013. Recuperado 2013-10-24.CS1 maint: cópia arquivada como título (ligação)
  29. ^ "Cópia arquivada". Arquivado de o original em 29/10/2013. Recuperado 2013-10-24.CS1 maint: cópia arquivada como título (ligação)
  30. ^ "Qui sommes nous?". Donnons leur une chance.
  31. ^ Healy, Tim (1998-09-12). "'Debs' ball' ruled un-Irish by licence judge". The Irish Independent. Recuperado 2018-12-17.
  32. ^ Costello, Roisin; Clarkin, Sarah (November 2, 2010). "Head to Head: Debs' Balls". Trinity News. Recuperado 20 de julho 2015.
  33. ^ "Swiss Teens Celebrate Spring With 'Bal de Printemps'". Ypulse. 28/04/2009. Arquivado de o original em 24/07/2011. Recuperado 2010-03-29.
  34. ^ "Ministerstva osviti i nauki Ukraini pro organizovane zavershennya 2017-2018 : Nr ta osoblivosti provedennya dpa u zakladakh zagalnoi serednoi osviti" (PDF). Kmu.gov.ua. p. 1. Recuperado 15 de abril 2019.
  35. ^ "Дати випускних вечорів та останніх дзвінків визначає школа самостійно, - лист Міносвіти. ДОКУМЕНТ". Ua.censor.net.ua. Recuperado 18 de novembro 2018.
  36. ^ "21 Century Gentleman's Guru Prom Suits and Tuxedos". Times Newspapers. 30-05-2017. p. B14. Recuperado 2020-07-12. senior guys indulge themselves with prom suits
  37. ^ "Home-school prom attracts teens from across Oregon". O Oregonian. 2012-05-19.
  38. ^ Veja, por exemplo, "Brilho" Arquivado 04/10/2013 no Máquina Wayback, a prom of this type organized by Igreja Cristã do Sudeste dentro Middletown, Kentucky.
  39. ^ "Drew Barrymore's prom party". AskMen.com. 24/05/2007. Archived from the original on 2011-06-12. Recuperado 2010-03-29.CS1 maint: BOT: status do URL original desconhecido (ligação)
  40. ^ "Girl gets second chance to attend prom". turnto10.com. 20/05/2009. Arquivado de o original on 2009-12-17. Recuperado 2010-03-29.
  41. ^ "The Awesome 80s Prom New York City.com : Broadway Tickets : Editorial Review". Nyc.com. Arquivado de o original em 16/01/2010. Recuperado 2010-03-29.
  42. ^ "Gays, lesbians recreate prom at weekend fete". NBC News. 07/03/2009. Recuperado 2010-03-29.
  43. ^ Jackie Blount (2005). Fit to Teach: Same-Sex Desire, Gender, and School Work in the Twentieth Century. p.81.
  44. ^ "CBC News – Gay teen wins fight over Catholic prom". Cbc.ca. 2002-05-22. Recuperado 2010-03-29.
  45. ^ "Adolescente suspenso por ir ao baile da namorada". NBC News. 11/05/2009. Recuperado 2010-03-29.
  46. ^ Joyner, Chris (2010-03-22). "Lesbian gets day in court over nixed prom". Usatoday.Com. Recuperado 2010-03-29.
  47. ^ "McMillen: Fui enviado para o baile de formatura". Advocate.Com. 05-04-2010. Recuperado 2010-04-06.
  48. ^ Pom, Cindy. "'It wasn't fair': Why an Ontario school isn't letting a sick girl go to prom". Notícias globais.

links externos

Pin
Send
Share
Send